WeCredit Racing no pódio da Copa Truck

Witold Ramasauskas A WeCredit Racing, maior time de pilotos do automobilismo brasileiro, conquistou mais três pódios neste domingo (25) no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel.

Witold Ramasauskas

Quinto no grid, Ramasauskas, piloto da WeCredit Racing, manteve-se na disputa pelas cinco primeiras posições durante boa parte da primeira prova da Copa Truck. “Eu era o quarto, quando na entrada da reta dos boxes fui empurrado para fora pelo Régis Boessio. Ele veio ultrapassar e eu respeitei o espaço dele, mas o caminhão dele veio para cima do meu. Caí para sétimo”, contou.

Ainda na primeira corrida, Ramasauskas teve a carenagem dianteira do caminhão MAN número 13 danificada por uma saída de pista na curva 6. “Eu estava lado a lado com o André Marques, ele acabou tocando o meu caminhão e fui para a grama. Falei com ele no pódio, ele se desculpou, disse que não me viu. Isso acontece em corridas, infelizmente quem levou a pior fui eu”, narrou o piloto, que terminou a primeira corrida na 13ª colocação.

Pódio

A necessidade de troca da carenagem dianteira levou o piloto paulista aos boxes no intervalo entre as duas corridas. “Não consegui sair a tempo de alinhar do grid e larguei dos boxes”, lembrou. Ele era sexto quando sofreu uma nova saída de pista, também na curva 6, na tentativa de ultrapassagem sobre Débora Rodrigues, sua parceira na equipe RM Motors. “Desta vez o erro foi meu. Acabei deixando o caminhão ir para a grama e atravessei”.

Witold Ramasauskas

Witold Ramasauskas voltou à pista em sexto e herdou o quinto lugar – que lhe valeu presença na cerimônia de pódio – na penúltima volta, a partir da quebra de turbina do caminhão Mercedes-Benz de Alex Fabiano. “Poderíamos ter resultados bem mais positivos. Foi uma etapa difícil em vários sentidos e o mais importante é tomar esses contratempos como aprendizado”, finalizou o piloto, que venceu a etapa de Viamão da Copa Truck no ano passado.


Texto: Grelak Comunicação
Fotos: Vanderley Soares e Duda Bairros