Copa Truck: vitória do Grupo Financial Racing com Witold Ramasauskas em Viamão

Witold RamasauskasO Grupo Financial Racing conquistou neste domingo (15) sua primeira vitória na Copa Truck. A façanha foi cumprida pelo piloto Witold Ramasauskas. Piloto do MAN número 13 da RM Competições, o paulista de 30 anos ocupou o degrau mais alto do pódio em sua terceira participação na categoria ao vencer a quinta e penúltima etapa, disputada no Autódromo Internacional de Tarumã, em Viamão, na região metropolitana de Porto Alegre.

“Foi a vitória mais importante da minha vida”, atribuiu o vencedor. “Eu via esses caras correndo de caminhão pela televisão quando era criança, competir com eles já é uma conquista e tanto, e hoje ganhei uma corrida no meio deles. Não dá para descrever tudo que está passando pela minha cabeça, mas hoje eu sinto que meu trabalho de 15 anos como piloto profissional foi muito bem recompensado”, declarou, logo após a premiação no pódio.

Witold Ramasauskas

Ramasauskas não escondeu as lágrimas ao descer do caminhão depois de conquistar a vitória. “É para estar emocionado, mesmo! Essa foi só a minha terceira corrida aqui, e conquistar uma vitória em uma categoria deste tamanho é espetacular”, definiu. “Só tenho a agradecer ao Renato Martins pela chance de correr em uma equipe como a dele, que trabalhou com perfeição, ao Grupo Financial e à Embreagex, pelo apoio que tornou isso possível”.

Largando em 11º na primeira corrida da etapa, Ramasauskas cumpriu a estratégia a que se propôs, de poupar equipamento e evitar maiores riscos, o que lhe permitiria ter condições favoráveis de buscar evolução na prova final. Cruzou a linha de chegada em oitavo lugar e, beneficiado pela inversão das oito primeiras posições para formação do segundo grid, largou à frente de todo o pelotão na corrida decisiva da etapa gaúcha.

Ramasauskas manteve a liderança após a largada da segunda prova, ao mesmo tempo em que Renato Martins, seu companheiro de equipe e também piloto do Grupo Financial Racing, caía da segunda para a quarta posição. Beto Monteiro era quem pressionava o líder da corrida na terceira volta, quando uma batida com Adalberto Jardim fez com que o caminhão de Martins escalasse a barreira de proteção de pneus que acompanha a curva Tala Larga.

Renato Martins

A intervenção do safety car, neutralizando a disputa, foi necessária para a remoção do MAN número 9 de Martins. A relargada foi dada a menos de oito minutos da bandeirada final. À bandeira verde, Ramasauskas foi superado por Paulo Salustiano, que estreava na Copa Truck também pela RM Competições. A direção de prova apontou infração de queima de largada de Salustiano, que foi punido, confirmando a vitória do piloto do caminhão número 13.

Renato, Gaúcho e Witold

“A intenção era termos um caminhão bom e competitivo para a segunda corrida. Na primeira, eu estava numa disputa com o Renato Martins, a Débora Rodrigues, o Adalberto Jardim, todos eles meus companheiros de equipe. Aí mantivemos posições para preservar o equipamento. Largando na frente minha chance de pódio seria grande. O safety car me ajudou muito, tenho consciência disso. No fim, o resultado saiu bem melhor que a encomenda”, resumiu.

RESULTADOS DA COPA TRUCK EM VIAMÃO
(As duas corridas da quinta etapa na pista de Tarumã)

Primeira corrida, 18 voltas
1º) Danilo Dirani (SP/Scania), Corinthians Motorsport, 25min05s880
2º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 1s263
3º) Paulo Salustiano (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 9s351
4º) Roberval Andrade (SP/Iveco), Dakarmotors, a 28s993
5º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Lucar Motorsports, a 36s174
6º) Débora Rodrigues (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 39s753
7º) Renato Martins (SP/Volkswagen-MAN), RM Motorsport, a 40s500
8º) Witold Ramasauskas (S)/MAN), RM Competições, a 40s902
9º) Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 41s022
10º) Jaidson Zini (PR/Scania), Corinthians Motorsport, a 46s320
11º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, a 51s839
12º) Ronaldo Kastropil (SP/Mercedes-Benz), AM Motorsport, a 51s922
13º) Régis Boessio (RS/Volvo), Boessio Competições, a cinco voltas
NÃO COMPLETARAM
Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 8 voltas
Duda Bana (PR/Scania), Luhrs Motorsport, a 9 voltas
Fábio Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 10 voltas
Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), AM Motorsport, a 11 voltas
Joel Mendes Júnior (SC/Scania), Luhrs Motorsport, a 18 voltas
NÃO LARGOU
João Marcos Maistro (PR/Volvo), Clay Truck Racing
Melhor volta: Dirani, na 2ª, 1min21s625, média de 134,032 km/h

Segunda corrida, 13 voltas
1º) Witold Ramasauskas (S)/MAN), RM Competições, 25min55s443
2º) Roberval Andrade (SP/Iveco), Dakarmotors, a 0s911
3º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 1s268
4º) Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 1s735
5º) Débora Rodrigues (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 2s547
6º) Ronaldo Kastropil (SP/Mercedes-Benz), AM Motorsport, a 7s642
7º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, a 10s596
8º) Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 12s389
9º) Fábio Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 19s654
10º) Danilo Dirani (SP/Scania), Corinthians Motorsport, a 2 voltas
11º) Jaidson Zini (PR/Scania), Corinthians Motorsport, a 4 voltas
NÃO COMPLETARAM
Duda Bana (PR/Scania), Luhrs Motorsport, sem tempo
Beto Monteiro (PE/Iveco), Lucar Motorsports, 1min34s207
Renato Martins (SP/Volkswagen-MAN), RM Motorsport, 1min22s681
Régis Boessio (RS/Volvo), Boessio Competições, 1min21s933
EXCLUÍDO
Paulo Salustiano (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições
NÃO LARGARAM
Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), AM Motorsport
Joel Mendes Júnior (SC/Scania), Luhrs Motorsport
Melhor volta: Dirani, na 10ª, 1min23s071, média de 131,699 km/h

CLASSIFICAÇÃO
Encerrada a etapa de Tarumã, a Copa Sul-Sudeste, terceiro e último minitorneio da Copa Truck na temporada de 2017, tem a seguinte classificação: 1º) Giaffone, 42 pontos; 2º) Andrade, 40; 3º) Dirani, 39; 4º) Ramasauskas, 37; 5º) Rodrigues, 31; 6º) Jardim, 30; 7º) Lopes e Kastropil, 24; 9º) Zini, 21; 10º) Salustiano, 20; 11º) Monteiro, 16; 12º) Martins, 14; 13º) D. Fogaça, 13; 14º) F. Fogaça, 12; 15º) Boessio, 8.


Texto: Grelak Comunicação
Fotos: Rodrigo Ruiz/Grupo Financial